Wednesday, July 25, 2007

A vida é boa ou não é???

Tem dias que eu acho que vou desistir, que não vou conseguir, que vou ficar deitada na minha cama até o mundo acabar. Mas ai eu lembro que tenho contas para pagar, gente que eu amo para ver, gente que eu nem gosto tanto assim para ver tb. Nossa!!! Me dei conta que uma coisa que me movimente MUITO nessa minha vida de meu Deus: as pessoas que estão nela!

Minha irmã fala que eu sou uma rabugenta e que só aturo as pessoas quando eu quero... Não posso deixar de concordar com ela. Mas existem momentos na minha vida, não! Nada disso! Existem pessoas na minha vida que eu não aturo, eu AMOOOO!!!
hihihihihihihihi

Não vou falar o nome dessas pessoas, porque elas sabem que elas são. E com elas eu passo todo o tempo do mundo ou QUASE todo o tempo do mundo.

Mas tem uma coisa, ou melhor, tem uma pessoa com quem eu poderia passar TODO o tempo do MUNDO ultimamente. Engraçado que a última pessoa que eu me lembro de ter conseguido essa proeza, foi o Paulo Marcos, meu "primeiro amor" (acho) que na terceira série do Colégio Bahiense. hahahahahaha! E como naquela época, hoje, eu também não posso dividir quem essa pessoa tão especial é... Até porque se ele (pessoa do sexo masculino, claro) desconfiar acho que a espontaneidade de passar muito tempo juntos vai embora. E para ser sincera é isso que eu estou AMANDOOOO!

Totalmente uma garota de 13 anos, concordam? E o que é melhor, com a experiência de uma mulher de 30!!!

É, a vida é MUITO BOA!

1 comment:

Pedro said...

Laine, as paixões não mudam conforme a idade. Claro que ao longo dos anos vamos adicionado uma coisinha ali e outra aqui no relacionamento ou no amor platônico, mas a sensação de amar é a mesma em toda fase da vida.
Na adolescência e até na vida adulta, nós achamos que é uma fase de mudanças e que se ficarmos sem ver a pessoa amada por algum tempo parece que o mundo vai explodir. E quando a pessoa dá algum sinal de vida sentimos uma vontade muito BOA dentro da gente.
Vejo hoje, com meus 17 anos de idade (que velho) que quando eu me apaixono é como se fosse à primeira vez!Aquela que a gente tem que encontrar a pessoa, que não paramos de pensar nela e se acabar saindo com ela desde que seja comer um churros na cidade, aquilo faz o seu dia muito melhor!
Sinto que vou encontrar isso muitas e muitas vezes já que me apaixono sempre e espero encontrar mesmo. É bom ficar um tempo sossegado, mas ao mesmo tempo é ruim ficar sem pensar em alguém.
De vez em quando penso nos amores passados e penso como era bom!
Agora, tenho que contar uma coisa...
Eu quero casar!(risos)
Achei a mulher que eu quero casar e talvez eu esteja amando novamente. (risos)
Uma sensação tão boa!Está muito frio na cidade de São Paulo, mas uma coisa me aquece. O meu cobertor. (Risos)
Claro que eu to brincando, mas quero que dê certo porque ela parece ser uma ótima pessoa e estamos conversando tem um bom tempo.
Agora até estamos falando em casamento (risos)
Bem, quem sabe... Não custa sonhar.
Mais uma vez percebo que amar é a melhor sensação que existe e que quero sentir essa sensação pra sempre!Sei que soa engraçado, mas amar é foda!É TUDO! (risos)
Concorda comigo dona Laine?
Beijos manoca!
Te amo muié!